sexta-feira, 15 de abril de 2011

Cultura e Educação

A cultura de uma sociedade é transmitida das gerações adultas as gerações mais jovens pela educação. Educar, pois, é transmitir aos indivíduos os valores, conhecimentos, as técnicas, o modo de viver, enfim, a cultura do grupo. 
     A cultura é “a vida total de um povo, a herança social que o individuo adquiri de seu grupo. Ou pode ser considerada parte do ambiente que o próprio homem criou”. (Clyde kluckhohn, Antropologia - um espelho para o homem, pg. 28)
     O antropólogo polonês Bronislaw (1884-1942) ensina que a cultura compreende  “ bens processos técnicos, idéias, hábitos e valores herdados”.
     A aquisição e a perpetuaçõa da cultura são um processo social, não biológico, resultante da aprendizagem. Cada sociedade transmite ás novas gerações o patrimônio cultural que recebeu de seus antepassados. Por isso, a cultura é também chamada de herança social.
     Nas sociedades em que:
ü   Não há escolas, a transmissão da cultura se da através da família ou da convivência com o grupo adulto. Nesse caso, a educação é assistemática.
ü  Há escolas, estas se encarregam de completar a transmissão da cultura iniciada na família e em outros grupos sociais, nesse caso, a educação é sistemática, isto é, obedece a um sistema, a uma organização previamente planejada.

Identidade Cultural
Cada povo tem uma cultura própria. Cada sociedade elabora sua própria cultura e recebe a influência de outras  culturas. Todas as sociedades, desde as mais simples até as mais complexas, possuem cultura. Não há sociedade sem cultura, do mesmo modo que não existe ser humano destituído de cultura.
Desde que nasce, um indivíduo é influenciado pelo meio social em que vive. A não ser o recém – nascido e os raros indivíduos que foram privados do convívio humano, não há pessoas desprovidas de cultura.
A cultura é um estilo de vida próprio, um modo de vida particular, que todas as sociedades possuem e que caracteriza cada uma delas. Assim, os indivíduos que compartilham a mesma cultura apresentam o que se chama de identidade cultural.

Aspecto material e não material da cultura
A cultura material consiste em todo o tipo de utensílios, ferramentas, instrumentos, máquinas, hábitos alimentares, tipo de habitação, etc. A cultura material pode influir no estilo de vida de um grupo. Por exemplo: no interior do nordeste a farinha de mandioca é alimento básico; as redes são usadas por grande parte das pessoas para dormir; as casas são pobres são com barro e folhas de palmeiras. Forma-se assim, um modo ou estilo fundamentado na cultura matéria da região.
A cultura não – material abrange todos os aspectos não – materiais da sociedade, tais como: normas sociais, religião, costumes, ideologia, ciências, artes, folclore, etc. Por exemplo, a maioria da população brasileira segue a religião católica, não há pena de morte na legislação do Brasil e, embora proibido por lei, o preconceito racial é bastante difundido no país.

Os elementos da cultura
A cultura é um todo, um sistema, um conjunto de elementos ligados estreitamente uns aos outros. Para efeito de estudo, vamos desmembrá-la em suas partes, seus elementos. Os principais elementos de uma cultura são: os traços culturais;  o complexo cultural; a área cultural; o padrão cultural, a subcultura.
 
Traços Culturais
Uma idéia, uma crença, representavam traços culturais. Um carro, um lápis, uma capa, uma pulseira, um computador também são exemplos de traços culturais.
Os traços culturais são os elementos mais simples da cultura. Eles são as unidades de uma cultura. É necessário ressaltar que os traços culturais só têm significado quando considerados dentro de uma cultura específica. Um colar pode ser um simples adorno para determinado grupo e para outro ter um significado mágico ou religioso. Para os fiéis das religiões afro – brasileiras, por exemplo, os colares têm usados cores especiais, dependendo da divindade cultuada pessoas e, de acordo com a crença dão proteção a quem os usa. Portanto, só no conjunto da cultura é que se pode entender um determinado traço.

Complexo Cultural
A combinação dos traços culturais em torno de uma atividade básica forma um complexo cultural. Por exemplo, o carnaval no Brasil é um complexo cultural que reúne um grupo de traços culturais relacionados uns com os outros: carros alegóricos, música, dança, instrumentos musicais, desfile, etc. Da mesma forma, o futebol é um complexo cultural que pode ser desmembrado em vários traços culturais: o campo, a bola, o juiz, os jogadores, a torcida, as regras do jogo, etc.

Área Cultural
A religião em que predominam determinados complexos culturais forma uma área cultural. Esta é, portanto, a área geográfica por onde se distribui uma certa cultura. Assim, os grupos humanos localizados em que determina área cultural apresentam grandes semelhanças quanto aos traços e complexos culturais.

Padrão Cultural
Padrão cultural é uma norma de comportamento estabelecida pela sociedade. Os indivíduos normalmente agem de acordo com os padrões estabelecidos pela sociedade em que vivem -> agem de uma forma estão expressando os padrões culturais do grupo. No Brasil, por exemplo, o casamento monogâmico é um padrão de nossa cultura.

Subcultura
No interior de uma cultura podem aparecer diferenças significativas, caracterizando a existência de uma subcultura. Há regiões do Rio Grande do Sul onde, além dos costumes e valores serem muitas vezes diferentes dos praticados no restante do país, até a língua principal é o italiano ou o alemão.
Também  os jovens apresentam costumes às vezes muito diferentes dos da população adulta, por isso alguns autores falam de uma subcultura juvenil.
Numa subcultura geralmente encontramos o mesmo elemento da cultura, mas com seus símbolos, suas normas, sanções e seus valores sociais particulares.

6 comentários:

  1. Valeu Cleber, essa postagem me ajudou muito no meu trabalho, encontrei quase tudo que procurava.. valeu. muito bom.

    ResponderExcluir
  2. eu consigui fazer meu trabalho so fauta o resuntado mais obrigada por posta coisas interesantes pra mim !

    ResponderExcluir
  3. Olá! Muito bom esse texto.
    Poderia passar a referência bibliografica?

    ResponderExcluir
  4. É parte de todo assunto da minha prova amanhã! Obrigada. lol

    ResponderExcluir
  5. Um trabalho enxuto que espoem realmente o que se define por cultura, bastou um pequeno toque sobre refinamento cultural, mas me foi muito útil.

    ResponderExcluir